Biografia Dr. James Wilson

Pode conter spoiler

James Wilson (Robert Sean Leonard) é chefe do departamento de oncologia e melhor amigo de House. Sabe-se que ele é judeu, tem um irmão que não vê a 9 anos e logo no inicio da série é contado que ele já se divorciou duas vezes e está no terceiro casamento. Wilson é exatamente o oposto de House e mesmo assim os dois são grandes amigos, é ele que dá o peso de realidade ao House e muitas vezes banca sua consciência. Pode-se dizer que Wilson seja a outra parte que define o House, pois é apenas com ele que House consegue ter algum tipo de “contato humano" seja para conversar, rir e em raras ocasiões desabafar.
Biografia Robert Sean Leonard

Robert Sean Leonard
Data de Nascimento: 28/02/1969
Cidade: Ridgewood, New Jersey, EUA.
Personagem em House MD: Dr. James Wilson

Robert Lawrence Leonard Nasceu em Westland, Nova Jersey, estudou na Universidade Fordham e Universidade de Columbia. Depois disso, ele foi aceito na Aliança do Screen Actor, mudando seu nome do meio para 'Sean'. Sua primeira atuação foi em “My two Loves” (1986), onde foi escalado para um papel pequeno. Naquele mesmo ano ele também estava em Jogos Fatais (1986). O filme é um thriller de suspense estrelado por John Lithgow e é sobre um experimento científico levado muito longe.

Leonard continuou a partir desses primeiros e conseguiu um papel em “Bluffing It” (1987), em seguida, atuou em outra comédia adolescente: Meu Doce Vampiro (1987). Seu próximo papel é facilmente um dos seus mais memoráveis. Ele pegou a segunda cobrança em Sociedade dos Poetas Mortos (1989) oposto Robin Williams e Ethan Hawke. Seu personagem Neil Perry é um jovem estudante cuja paixão por atuação é sufocado com medo da ira de seu pai e de dominação da vida de seus pais. Enquanto Robin Williams ganhou uma indicação ao Oscar, Leonard deu um desempenho verdadeiramente digno de Oscar.

Passou a atuar em outro filme indicado ao Oscar “Cenas de uma Família” (1990), estrelado por Paul Newman. Leonard retomou o ato de "Juventude rebelde dos Poetas Mortos". Leonard seguiu-se com a não tão bem sucedida “Married to It” (1991).

Dois anos depois Leonard encontrou enorme sucesso em três filmes diferentes. Em primeiro lugar, ele atuou em Kenneth Branagh 's “Muito Barulho Por Nada” (1993). Puxando em 60 milhões em um orçamento de 8 milhões de dólares, continua a ser um dos filmes mais bem sucedidos baseados em uma peça de Shakespeare. Leonard foi cercado por outros talentos além de Branagh, como Brian Blessed, Kate Beckinsale, Denzel Washington, Michael Keaton, e Emma Thompson. Leonard interpretou o personagem de Claudio e foi infelizmente criticado por vários críticos por sua atuação.

No mesmo ano, Leonard assumiu a liderança em “Últimos Os Rebeldes” (1993), também estrelado por Christian Bale, Frank Warley, Barbara Hershey e Kenneth Branagh.

Também nesse ano Leonard teve um papel menor na Martin Scorsese filme elaborado e artístico “A Época da Inocência“ (1993), estrelado por Daniel Day-Lewis, Winona Ryder e Michelle Pfeiffer.

Após estes três grandes filmes da carreira de Leonard. Apesar de atuar em três filmes diferentes em 1996 (The Oliver Stone-produced “Confissões de um Assassino” (1995), estrelado por James Woods, The light-hearted “A Turma” (1996), e o romântico “Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer” (1996)) nenhum foi tão bem sucedido quanto os que ele fez em 1993.

Ele atuou na série “The Outer Limits” (1995) e “Wasteland” (1999), fez filmes como o dramático “Tape” (2001) por Richard Linklater, “Vestígio do Inferno” (2001) e a bomba de bilheteria “Alta Velocidade” (2001), estrelado por Sylvester Stallone e Burt Reynolds. Depois de mais alguns filmes de Leonard foi escalado para a série que lhe deu muita fama.

House MD. (2004). Leonard, foi o primeiro ator a ser escalado para a série, interpreta o personagem Dr. James Wilson, a única pessoa que House considera como amigo. Wilson é uma pessoa muito mais humana do que House, o que leva a muitos debates entre ele e House. É o personagem mais conhecido que Leonard já interpretou em sua carreira. Leonard é conhecido entre o elenco de House por odiar a mídia, evitando-a sempre que pode.

2 comentários:

  viki

27 de novembro de 2011 20:23

Na minha opinião ROBERT SEAN LEONARD é um grande ator e ele tem continuar desse jeito, dá o melhor de si sempre e que ele continue fazendo muito sucesso como eu acho que ele está fazendo.

  Anônimo

27 de novembro de 2011 20:24

Faca muito sucesso sempre....

Qual sua opinião sobre o Blog?

Anúncios